Acerca do CONFAM

Acerca do CONFAM

 Uma resposta do Governo ao problema da desnutrição

O programa de fortificação de alimentos é um reconhecimento do governo da desnutrição como um problema grave em Moçambique.

Por isso, o governo criou o Comité Nacional de Fortificação de Alimentos (CONFAM) que terá a missão de assegurar a adição de micronutrientes na indústria alimentar moçambicana micronutrientes, tais como vitaminas e minerais.

A indústria alimentar é o foco do programa de fortificação de alimentos no país, visto que a adição de micro nutrientes é feita ao longo da cadeia de processamento.

As indústrias de farinha e de óleo vegetal passarão a produzir alimentos fortificados com nutrientes através de máquinas que o Ministério da Indústria e Comércio está oferecendo, como forma de reduzir a desnutrição crónica em Moçambique, principalmente em crianças.

Armando Inroga Ministro da indústria e Comércio 

MISSÃO 

Combater à desnutrição em moçambique através de fortificação em massa de alimentos básicos: garantir alimentos de qualidade para a população geral e grupos de alto risco”.

VISÃO

Contribuir substancialmente no preenchimento da lacuna de micronutrientes na dieta diária das pessoas, que se estende desde a baixa ingestão de ferro até a baixa ingestão de outras vitaminas (ácido fólico, B12, A e D) e minerais (tais como Zinco).

OBJECTIVOS

Aumentar a oferta dos produtos fortificados de qualidade a preços acessíveis;

Reduzir a morbidade e mortalidade na população moçambicana, especialmente entre mulheres em idade reprodutiva e crianças, através da sensibilização e promoção no consumo dos produtos fortificados;

 

.

Sub-categorias